terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Academia: Gordo não entra!

Este post foi originalmente escrito no Blog Fique INforma, em 13 de julho de 2008. Vale a pena refletir sobre o assunto como fez o leitor Rafael Salgado, cujo comentário será postado na sequencia. Aproveite e comente também!


Dizem que os gordos devem se exercitar e que um ótimo lugar para isso é a academia, mas os gordos não são pessoas bem vindas nesses estabelecimentos. Você nunca reparou a plaquinha que está aí em cima espalhada por todos os cantos? Então preste mais atenção…
Logo na entrada encontramos uma catraca, mas o gordo não passa passa por ela. Para a sorte dele o estabelecimento segue as normas de acessibilidade e tem um portãozinho ao lado. Se espremendo um pouquinho ele consegue passar.
A academia exige que seja feita avaliação física, no local, mas a balança só suporta até 150 k e o gordo passou um pouquinho disso. Como também não dá para medir as dobras cutâneas e a bicicleta parece de brinquedo, perto do gordo, é melhor deixar a avaliação para depois…
Disseram para o gordo que atividades aeróbias são essenciais, mas o bumbum do gordo “engole” o banco da bicicleta ergométrica e a esteira é muito fraca para agüentar tanto peso…
Ok, ainda restam as aulas de ginástica. Step, Jump, Bike… epa Bike não dá…o banco é ainda menor… A circunferência do Jump é quase igual à do gordo e a música do Step é tão rápida que mal dá para tirar o pé do chão, imagine ficar subindo, descendo, girando…
Apesar de achar uma chatisse, disseram para o gordo que musculação é importante, porque a dieta promove perda de massa muscular e ele precisa mantê-la para diminuir o risco de lesões.
Aff…mais da metade dos aparelhos não comportam o tamanho do gordo, o jeito é pegar um colchonete e fazer o exercício no chão… E depois? Quem ajuda o gordo a levantar?
O jeito então é ir direto para a piscina, afinal hidroginástica é perfeita para quem é gordo. Reduz o impacto, proporciona o trabalho aeróbio e também o localizado que o gordo precisa. Finalmente alguma atividade que o gordo consegue fazer! E quem se importa se o gordo odeia piscina, odeia ter que colocar roupa de banho??? O mais impotante são as amizades que conseguirá fazer, sua colega mais jovem tem 30 anos a mais do que ele é ótimo conversar com pessoas maduras. Além disso o gordo tem um pouco de dificuldade para entrar e sair da água, mas já está superando, fato que, absolutamente, não o impede de participar da aula.
Hora de ir embora. O gordo vai tomar banho, ele pode escolher entre dividir aquele box sem divisórias com os outros alunos com os músculos inchados de tanto malhar ou usar o box individual, basta ter cuidado para sair de costas, porque o local é um pouco estreito…
Na saída a recepcionista foi super bacana, abriu logo a portinha e disse bem alto: “sai por aqui que é mais fácil para você! Até amanhã!” O gordo não voltou nunca mais…
Essa é a triste realidade encontrada nas academias, além do despreparo por parte dos profissionais para trabalhar com o obeso (isso posso falar com certeza, pois foi o tema da minha conclusão de pós-graduação). Para reforça;r ainda mais essa imagem uma grande rede de academias permite a veiculação de uma campanha publicitária, no mínimo preconceituosa, como bem disse o Jânio do Blog Emagrecer.
Há exceções? Espero que sim…afinal dizem por aí que a esperança é a última que morre!
Imagem: retirada da net

Nenhum comentário: