quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Use o Carnaval para ganhar mais confiança
Dissolva-se na multidão e ouse mais, quebrando barreiras pessoais
Você pensou no Carnaval como uma época de superação pessoal? Não, não estamos falando do número de copos de bebida que você consegue tomar ou das horas em que permanece acordado. "A idéia é pensar na festa como um estímulo para adquirir mais autoconfiança", afirma o psicoterapeuta Chris Allmeida.

O clima de descontração pode, por exemplo, servir de pretexto para uma paquera. Se a pessoa é tímida e aproveita a ocasião festiva para ganhar coragem, sem a necessidade de álcool, há um grande avanço, rompendo uma barreira que foi criada pela própria mente do indivíduo , afirma o especialista.

Nesta fase, o medo de errar acaba sendo camuflado pela multidão. Com isso, as chances de um tímido se soltar são maiores, porque ele tem certeza de que passará despercebido pelos outros.

Toda ousadia deve respeitar os seus limites (até porque decisões forçadas têm efeito contrário, reprimindo você ainda mais nas ocasiões convencionais). Nossa emoção fica mais vulnerável quando nos expomos. Podemos comemorar na noite do carnaval sem precisar ter um dia seguinte amargo: a regra básica é ir com calma, no seu próprio tempo. Estamos falando de seu corpo, de suas emoções, de sua vida. É perfeitamente possível superar os próprios limites, mas isto não precisa ser feito a custa de arrependimento, lembra o especialista.

Por isso, não deixe a cautela de lado. Preservar as suas convicções e não sucumbir aos exageros é essencial para evitar a ressaca moral e os arrependimentos no dia seguinte. "O bom das festas são as surpresas, por isso não compensa ficar planejando demais o que você vai fazer. Mas o senso de realidade precisa ser mantido, recusando atitudes que possam prejudicar a sua saúde e aventuras com pessoas desconhecidas", diz Chris Allmeida.

Hora de dançar
Você escuta uma música e já começa a mexer os ombros, bater os pés e sacudir as mãos. Mas basta que alguém faça um convite para a pista para a posição de estátua surgir. Durante o Carnaval, tudo isso é bobagem. "Estamos falando de uma festa de multidões, em que não existem passos ensaiados ou pré-definidos", afirma o psicoterapeuta. Além disso, ninguém vai perder tempo observando se você perdeu o passo na dança. Então, aproveite, solte-se e deixe o corpo se movimentar como bem entender. Isso será, no mínimo, terapêutico.

As fantasias podem até ajudar nisso caso um ou o desfile na avenida baile estejam na sua programação. Como muitos trajes exploram a sensualidade, é um bom momento para observar mais o corpo e, até mesmo, ampliar o autoconhecimento, verificando até que ponto você se sente confortável com essa exposição. "Nosso corpo merece ser tratado com atenção, devemos aprender a valorizar nossa beleza e esta é uma boa oportunidade", diz Chris.

Sem dúvida, o carnaval deixa as pessoas mais receptivas,o que torna a festa um ótimo momento para conhecer pessoas diferentes e flertar. Mas não crie expectativas de que o amor da sua vida vai aparecer entre uma música e outra. "No carnaval, nossas repressões se afloram e queremos viver em três dias aquilo que não vivemos o ano inteiro. Obviamente, nosso comportamento está alterado", afirma Chris.

Antes de entregar o seu coração para alguém, espera a quarta-feira de cinzas para conhecer este indivíduo no dia-a-dia, longe da euforia. Só assim é possível descobrir se há, realmente, potencial para uma relação mais séria. "Quando várias pessoas estão reunidas numa festa, perde-se um pouco a noção da individualidade. Por isso, quando mergulhados em uma multidão, temos maior dificuldade de nos responsabilizamos por nossos atos e corremos o risco de agir mais impulsivamente do que no dia-a-dia", lembra o psicoterapeuta.

4 comentários:

AndressA disse...

é isso mesmo amigo... festar com consciencia e sem perder a propria identidade!
bjs

Suellen disse...

Opaaa,preparação pro carnaval eh???
huhuhuh
ixe,eu mooooorro de vergonha dessas coisas de fik dançando assim e tals...hahahah
Desfile nesses blocos nem pensar...mas vou conferir dah pra divertir com os amigos sem passar mta vergonha huhuhuhuh

Denny disse...

Oi queridoooo!

Olha, deixa te agradecer de coração pelo carinho do selinho Tá no post de hoje!

Perdão por não aparecer mais, a net tá maluuuca, rs, rs...


Bjocão!


FUIZ...

Di disse...

Oi...

Só estou passando para dizer que resolvi mudar o endereço do meu blog, agora será:
http://dequevocetemfome.blogspot.com/

=*