domingo, 21 de fevereiro de 2010

CHURRASCO LIGHT

Quando se decide começar uma reeducação alimentar, é preciso evitar a ingestão de alguns alimentos até então presentes no dia a dia. Na maioria dos casos, é possível apenas mudar a forma de prepará-los e o preferir as versões mais leves.

Esse é o caso da carne vermelha, um alimento rico em ferro e vitaminas do complexo B, mas que deve ser consumido moderadamente. Isto porque, apesar de ter seus benefícios, esse tipo de carne contém altas taxas de gordura saturada (aquelas que entopem as artérias e fazem o colesterol disparar), além de ser difícil de ser digerida, o que deixa o organismo vulnerável a problemas.

Não há um consenso entre os nutricionistas a respeito da importância da carne vermelha para o organismo. Então, se você gosta dela, não é preciso se privar de comê-la para ter uma vida saudável: mais uma vez a moderação é o segredo. O ideal é incluí-la nas refeições, no máximo, 3 vezes por semana. Dê preferência para os cortes magros, sem gordura aparente, que podem ter de 130 calorias até 170 calorias por 100 gramas.

O coxão mole e o patinho são as carnes ideais para serem cozidas ou para preparar bifes a rolê. Já para assar, use o lagarto, que é bem menos gorduroso que a picanha ou a maminha (não esqueça de retirar a gordura antes de temperar a carne). Se a vontade é comer um bifinho, o miolo de alcatra é a carne recomendada, pois é macia e tem baixo teor de gordura. Só não vale fazer com que ela nade em óleo na hora de fritar: aposte em uma frigideira antiaderente.

Atenção! Se você está se privando radicalmente de vários alimentos na tentativa de emagrecer, saiba que não está se reeducando. Esse tipo de dieta pode prejudicar a saúde e fazer com que você recupere os quilinhos rapidamente. Procure orientação médica antes que os problemas comecem a aparecer.

Um comentário:

Vivi Jardim disse...

Eu não sou extremamente carnívora! Mas não vivo sem carne vermelha!
Pensei em parar de comer, tentei e nãoo deu muito certo, nem q seja um bifinho eu preciso! hehehe
E vamos aprendendo a comer carne magra neh! A saúde agradece!!! Mas a cabeça ainda fica na tentação dakelas bem calóricas do churrasco de domingo! Passo longe, mas que dá água na boca, ahh isso dá!!!hehehe